Como evitar que seus Projetos Software vire uma Bomba Relógio

Você já pensou em adotar um framework ágil para entrega dos seus projetos Software? Se isso ainda não passou pela sua cabeça, talvez seja importante você conhecer um pouco mais deste universo.

Há três anos trabalhando com entregas de projetos software através das principais plataformas de mercado,  sempre optamos em adotar a metodologia tradicional de gestão de projetos, assim seguíamos os preceitos do PMI (Project Management Institute) ou modalidade Waterfall para quem preferir.

De maneira geral os projetos software seguem da seguinte forma:

1a Fase – Planejamento

Imagina como é fazer um planejamento sabendo que existe uma grande probabilidade de tudo que se estimou “cair por terra” ?

Parece que em um projetos software devam existir em torno de DUAS MIL variáveis que é humanamente impossível prever em seu planejamento.

Uma simples parada no servidor do software talvez te obrigue a rever todo seu planejamento.

2a Fase – Documentação de Requisitos

Ah! Essa fase é maravilhosa.

Normalmente quem fica responsável por esta atividade possui um sentimento de estar indo para 2a Guerra Mundial.

Existe uma preocupação de cercar todas as possibilidades do escopo do projeto, de pensar com a cabeça do usuário final que provavelmente não tem a visão clara do que realmente necessita, e de pensar nas possibilidades que podem virar contra o escopo do projeto a pedido do cliente (interno/externo).

É tipo o jogo WAR.

3a Fase – Desenvolvimento

Nessa fase o time de desenvolvimento vai sentar com a documentação de requisitos debaixo do braço e VOILÁ!.

Do mesmo modo, seguirá bonitinho o passo a passo da documentação de requisitos, supor que está fazendo um projeto bem legal, partindo do pressuposto que não haverá mudanças e está com a expectativa alta que o cliente vai amar o software criado pelo time.

4a Fase – Qualidade

Temos a falsa ilusão que estamos perto do final do projeto.

Falta apenas a validação do time de qualidade, que da mesma forma, com a documentação de requisitos debaixo do braço vai analisar o software, acertar as arestas com o time de desenvolvimento e na sequência, cheio de motivação vai liberar o software para aprovação e entrega do projeto.

Ok, mas e aí?

Isso tudo é maravilho, até o momento que o cliente, durante o processo de validação, começa a levantar um milhão de bolas referentes ao escopo, e lá vamos nós voltar para fase de planejamento e abrir a documentação de requisitos para começar a brincar de “cabo de guerra”.

Durante esta brincadeira o cliente está preocupado com o prazo, o fornecedor preocupado com o orçamento e como vai conseguir encaixar as alterações em seu planejamento, o time de desenvolvimento começa a ficar incomodado com o retrabalho e os impactos que as alterações terão em tudo que foi desenvolvido com muito carinho.

Enfim, apertamos o botão de uma bomba relógio e começa o desespero de correr para cortar o fio verde.

Como resultado, toda atenção é voltada para as regras e um contrato, ao invés de preocupar com o que motivou a real contratação do projeto (gerar valor).

A imagem abaixo resumem bem como normalmente são conduzidos os projetos Software

É claro que nem todos projetos software acontecem desta forma.

Tentei generalizar usando vários fatos ocorridos em alguns projetos, que do mesmo modo nos remeteu a buscar e aperfeiçoar outras formas de entrega dos projetos software e foi aí que conhecemos o conceito de Agilidade.

Nova Metodologia para Projetos Software

Desde o final de 2018 começamos uma sabatina para nos tornarmos uma empresa ágil.

Foi uma mudança que permeou toda empresa, desde o modelo comercial até o RH.

No mundo ágil a dinâmica é bem diferente.

O principal foco é na geração de valor para os clientes com entregas parciais e constantes interações com todo time.

Nos tornamos mais simples, mais flexíveis.

Fizemos uma amizade fortíssima com o processo de mudança, pois é aceitando as mudanças que realmente se gera valor e desenvolve um time com mais autonomia para criar e inovar.

Venha conhecer um pouco mais o nosso trabalho e a forma que criamos relações sólidas com nossos clientes e acima de tudo entregamos projetos de sucesso.

Acesse: http://upflow.me

Para conhecer um pouco mais sobre o método ágil, clique aqui.

6 Comments

  • Jona disse:

    I needed to thank you for this fantastic read!!
    I definitely loved every bit of it. I have
    got you bookmarked to look at new stuff you
    I visited many websites except the audio quality for audio songs present at this
    site is genuinely marvelous. I am sure this paragraph has touched all
    the internet visitors, its really really good article on building up new weblog.
    http://tagomi.com

  • Very nice post. I just stumbled upon your blog and wanted to say that I’ve really enjoyed browsing your blog posts. In any case I’ll be subscribing to your feed and I hope you write again soon!

  • link webpage disse:

    You really make it seem really easy with your presentation but I to find this topic to be actually one thing which I think I might by no means understand. It seems too complicated and extremely wide for me. I’m looking ahead for your next put up, I will try to get the hang of it!

  • I’m not sure where you’re getting your info, but good topic.
    I needs to spend some time learning much more or understanding more.
    Thanks for great info I was looking for this information for my mission.

  • Hung disse:

    Excellent pieces. Keep writing such kind of info on your site.
    Im really impressed by your site.
    Hi there, You have performed a great job. I’ll certainly digg it and individually
    recommend to my friends. I’m sure they’ll be benefited from this
    site.

  • Joao disse:

    Olá, gostei do conteúdo, vou levar esse conceito para minha empresa

Leave a Reply